top of page

Sobre | Mnemokino

A sala de cinema é uma necessidade. Nada supera esta experiência incrível que é assistir a um filme projetado em uma grande tela. No entanto, nossos comportamentos estão mudando. Com os serviços de streaming, um catálogo gigante está disponível em nossas TVs e smartphones. De repente, um filme de décadas atrás está tão fresco quanto a estreia da semana. Então, o que assistir? O blog Mnemokino busca escolher, entre os streamings e as estreias, algumas joias que merecem atenção pelo modo como abordam temas sociais e políticos, ressaltados em cada crítica. Cada filme é uma janela que nos ajuda a entender a nossa História. Seja bem-vindo! Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo em seu e-mail (o formulário está abaixo).

perfil_2021_edited.jpg

Meu nome é Carla Dórea Bartz e sou jornalista.

Em 2003, finalizei mestrado sobre o cinema do cineasta brasileiro Alberto Cavalcanti. Minha dissertação, intitulada Coal Face: um filme de Alberto Cavalcanti, pode ser lida neste link. Nos dias de hoje, a avalio como uma boa introdução ao trabalho deste diretor.

Em outubro de 2021, defendi minha tese de doutorado intitulada Ninfomaníaca, de Lars von Trier: narrar em tempos perversos. A linha teórica é a crítica materialista.

 

A tese foi escrita durante a pandemia, entre setembro de 2020 e julho de 2021. Ela é um trabalho bem mais maduro, que expandiu os meus conhecimentos sobre o foco narrativo no cinema e a presença da materialidade histórica na obra de arte. Leia neste link.

Após a entrega do texto, decidi voltar a este blog e escrever pequenas análises, colocando em prática os anos de estudo.

Os dois trabalhos são exercícios de análise fílmica e foram realizados na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH/USP).

Seja bem-vindo ao Mnemokino. Todos os textos são de minha autoria. Se for compartilhar, agradeço se citar a fonte.

bottom of page